Respeita Meu Cabelo

 Oiiiii!!!!

Desde pequena eu ouvia as pessoas falarem que cabelo crespo era cabelo ruim. E assim eu ia crescendo achando que meu cabelo era ruim e que para ser bonita eu precisaria alisar o meu cabelo. Efim desde muito nova eu sempre que podia pedia para minha mãe alisar meu cabelo e aos 14 anos fiz meu primeiro relaxamento com química.

Com o cabelo relaxado quimicamente a atolado de creme para pentear eu ainda não estava satisfeita.

Quando fiz 20 anos aproximadamente comecei além de relaxar a fazer também escova e passar a prancha. E assim eu passei muitos anos escrava da chapinha, ficava irritada com a chuva, me irritava quando estava muito quente por conta do suor que fazia com que minha raiz enrolasse, enfim não tinha uma vida muito livre por conta do meu cabelo.

O pior é que do jeito que ele estava danificado devido a tantos procedimentos químicos e exposição ao calor da chapinha, não dava nem para pensar em usar ele natural, por que sim aquela altura do campeonato o meu cabelo era ruim, eu mesma fiz com que ele ficasse ruim.

Foi então que um dia eu me lembrei de como meu cabelo era bonito cacheado e resolvi cortar, fui ao salão e cortei bem curtinho, mas como nunca tinha me visto com o cabelo tão curto me achei muito feia e continuei fazendo escova e prancha.

Com o passar dos meses e com o cabelo um pouco mais longo comecei a usa-lo natural e mesmo que ele não formasse nenhum cachinho eu tinha esperança que os cachos apareceriam.

E com o passar do tempo eles voltaram e além de me sentir linda eu pude me sentir livre.

Não posso dizer que não exista nenhum tipo de preconceito com o cabelo crespo, mas posso dizer que hoje o preconceito que eu tinha comigo mesma já não existe mais.

As pessoas dizem que é moda mas nem imaginam que isso vai muito além de moda. Isso é liberdade e aceitação.

Meu cabelo não é moda, meu cabelo é a minha raiz é a minha natureza, sendo assim

RESPEITA MEU CABELO!

 

 

 Camiseta disponível nos tamanhos P M e G 

Valor R$ 30

Acesse minha lojinha no Instagram